Após longa briga judicial, consumidor obtém 78% de desconto em dívida com o Banco do Brasil | Guazelli

Publicação

16/02/2021em Direito do Consumidor
Após longa briga judicial, consumidor obtém 78% de desconto em dívida com o Banco do Brasil

Causa patrocinada pela Guazelli Advocacia estava em contestação desde 2014

No ano de 2014, o Banco do Brasil ajuizou, perante a Comarca de Ponte Serrada-SC, uma execução contra um consumidor referente à cobrança de um empréstimo concedido à época. A dívida atualmente já somava R$ 1.180.945,83, conforme apontado pela instituição financeira no processo.

No entanto, após um longo período de contestação do consumidor em relação ao valor cobrado pela dívida, houve a celebração de um acordo em que a instituição financeira aceitou receber o valor de R$ 250.000,00 para a quitação da dívida. O desconto concedido pelo Banco do Brasil representa 78% do valor da dívida cobrada inicialmente.

A causa era patrocinada pelo escritório Guazelli Advocacia. Segundo a sócia Dra. Natália Guazelli, “o grande desconto no valor ocorreu em razão da interposição de diversas medidas judiciais visando o reconhecimento da abusividade imposta pelo banco na cobrança de taxas e juros fora do permitido por lei e pelo próprio contrato firmado entre as partes”.

O acordo foi homologado pelo Juiz Rômulo Vínicius Finato, levando ao arquivamento de todas as ações envolvendo o referido contrato bancário.

Fonte: Migalhas